É possível reconstruir uma fibra capilar com danos?

Ol@! A resposta é sim! Graças aos ativos provenientes de fontes naturais e de altíssima afinidade com a fibra capilar, hoje podemos renaturar a fibra capilar e, com isso, devolver a capacidade de religar e reconstruir as proteínas estruturais da fibra. Esses bio ativos são capazes de repor a massa da fibra e restaurar desde a cutícula até o córtex,  recuperando danos capilares causados por tratamentos químicos e degradados por uso excessivo de tração mecânica (pente e escova) e ação térmica (secadores, baby liss e prancha)

Como saber se um cabelo está danificando necessitando de reconstrução?

Gosto de lembrar do “Dr.diagnóstico”. Todo cabelo tem uma história pra contar. E a introdução desta história começa pela aparência ou estado da cutícula e das condições do córtex, isso junto compõe 80% da fibra capilar. Quando a cutícula está danificada (pelo rompimento de escamas, por exemplo), o cabelo fica áspero ao contato, quebradiço, sem balanço e sem brilho.Faz até barulhinhos ao pentear!

O sintomas mais comuns são:
– Alteração da cor ou dificuldade de manter a cor por mais tempo (porosidade) – Ressecamento. O cabelo dica áspero e sem brilho – Indisciplinados e com carga elétrica alterada gerando frizz e rebeldia – Embaraçado e dificuldades para pentear. Muitos nozinhos significam, cutículas entrelaçadas e pH alterado – Quebra com facilidade – Suscetível aos fatores ambientais – Sensibilidade a produtos químicos

O que é uma fibra com danos?

 CABELO é uma estrutura única e resistente, capaz de supor temperaturas extremas e ações químicas muito fortes. Esta capacidade extraordinária está relacionada a sua complexa ligação química. No “micro cosmos” da proteína do cabelo humano   encontramos as ligações químicas do Carbono (45%), Oxigênio (28%), Nitrogênio (15%), Hidrogênio (7%) e Enxofre (5%), suas ligações formam uma cadeia de aminoácidos e estes, constituem a estrutura predominante: a QUERATINA

Sim, a QUERATINA é um exemplo de uma proteína complexa formada a partir das ligações químicas e compõe em torno de 91% da fibra. Ela é estrutural! Uma “viga mestra” da fibra. Outra proteína é a MELANINA que, apesar de não ser estrutural,  é responsável pela cor natural do cabelo.
Mas, porque saber disso?
Porque quando submetemos os cabelos aos processos de transformações químicas mais profundas a exemplo de descoloração, mechas, luzes, tinturas comerciais e ou colorações, provocamos o que denomino de Stress químico: atingimos em cheio esta estrutura interna da fibra que resulta em cabelos sensibilizados, frágeis, quebradiços e opacos.

Estas ações, conhecidas popularmente como processos alcalinos, atingem profundamente o córtex capilar e, sem o devido cuidado,  comprometem a estrutura interna das fibras ou o Cimento Intercelular. Muitas vezes ainda são realizadas sob um cabelo já frágil.  E, ainda, acontecem erros na aplicação, produtos de baixa qualidade, excesso de secador e prancha, etc. Sim, tudo, tudo o cabelo não aguenta. O que você necessita é RESTAURAR ou RECONSTRUIR a estrutura capilar danificada ou sensibilizada:  devolver a possibilidade de reconstruir a massa perdida aos cabelos que foram submetidos a processos degradativos.

O cabelo que passou por descoloração coloração ou progressiva de formaldeído não se comporta mais como o natural

A MELANINA – proteína da cor, não é única proteína a ser danificada com o processo de clareamento da fibra. Outras ligações químicas muitos importantes e estruturais como a queratina e a camada F (proteína da epicutícula) estão expostas aos danos da ação dos descolorantes, tinturas e alisamentos. Estes serviços, quando realizados repetidamente ou, por vezes quase que simultaneamente, removem a camada F e fazem com que o cabelo pareça ressecado, mais fino e áspero. Em cabelos cacheados, por exemplo, faz perder as ondas.

Um cabelo assim não se comporta mais como o natural. Torna-se poroso, não retém mais os pigmentos de cor da coloração ou do tonalizante. Pode quebrar e embaraçar com facilidade e você irá perceber isso na ausência de brilho, ao tentar desembaraçar e até na espessura, vai parecer mais fino.

Na vida cotidiana, na pressa, muitas vezes negligenciamos os cuidados necessários. E, em nome da praticidade, nos expomos às falácias mercadológicas que “vendem” a ideia de tratamento, mas, que na verdade, são os grandes vilões na área capilar como por exemplo: escovas progressivas a base de aldeídos (formol) que dão a sensação falsa de cabelos tratados e bonitos. O uso excessivo desses processos pode trazer duas situações bem pontuais:

cabelo com excesso de formaldeído

estresse térmico e químico

1. Cabelos Hidrofóbicos: o excesso de progressivas a base de aldeídos (formol e seus derivados) pode deixar os cabelos hidrofóbicos, isto é, com dificuldade de receber a parte hídrica (água), pois forma uma película impermeável incapaz de ser penetrada, além de provocar a “quebra” dos fios por baixa extrema do pH normal da fibra.

2. Cabelos Hidrofílicos: clareamento repetitivo ou feito em cabelos já sensibilizados pode deixar os cabelos mais hidrofílicos, isto é, fazer com que absorva água com facilidade, porém sem a capacidade de ‘segurar’ a hidratação dentro do fio por carência de aminoácidos, em outras palavras, o cabelo oco por dentro (poroso).

Broto do bambu

Você sabia que o Broto do Bambu é atualmente um dos principais Bio Ativos cosméticos na afinidade extra com a fibra capilar? Isso mesmo! Com 90% de água em sua composição e 2 a 2,5% de proteína, possui 17 aminoácidos, sendo 16 iguais aos dos cabelos. O Broto de Bambu restaura as proteínas estruturais: colágeno, queratina e a elastina. Essa reconstrução interna aumenta a resistência (força), evita a quebra, pontas duplas, corrige a porosidade e diminui embaraço. Proporciona proteção e brilho intenso.

REGENERAÇÃO DA FIBRA

Um tratamento que envolve uma dosagem extra de queratina, associada a agentes nutritivos hidratantes com o objetivo de reduzir os danos capilares regenerar a parte interna e externa dos fios reparar em profundidade as proteínas, ao mesmo tempo, preserva a cor e protege as cutículas através de ativos protetores e condicionantes para dar brilho e sedosidade aos fios.

POTENCIALIZAÇÃO DE FIBRAS

Reposição da queratina nutrição e hidratação em cabelos sensibilizados por alisamentos, colorações, cloro de piscina, exposição solar, tração física (através de escovação, manipulação que envolva trações fortes), um tratamento moderno de ação potencializada, de forma rápida, recupera profundamente a camada interna e externa dos fios, indicado como um tratamento completo como manutenção, pode ser realizado de forma constante dentro dos procedimentos realizados pelo cabeleireiro.

PROTEÇÃO SEM ENXÁGUE, NUTRITIVA, HIDRATANTE E TERMO ATIVA

Suprem de agentes importantes responsáveis pela saúde dos fios preenchendo fissuras e aumento da resistência, evita futuras sensibilizações agindo durante todo o tempo de permanência. Serve de proteção termo ativa e evita a degradação provocada pela radiação solar, aumenta brilho, sedosidade facilitando a penteabilidade e servem também como modeladores ou redutores de volume de ação prolongada.

PRODUTOS DE FINALIZAÇÃO REPARADORES E SELANTES DAS CUTÍCULAS

Eliminam o efeito de arrepiado (estática) selando pontas duplas, protegem as cutículas, aumentam o brilho e a sedosidade dos fios, permitem o melhor acabamento nas escovas servindo de proteção termo ativa durante o uso do secador e da piastra(chapinha).

REFERÊNCIAS
2. BENDER, Dalva J. Balz. Analista Química. Especialista em Qualidade de Vida e Ms. Em Educação. 3. Manual Técnico Aromaterapia Aplicações de Óleos Essenciais. 2ª. edição. WNF Word’s Natural Fragrancies – Óleos Naturais. 4. A Ciência do Cabelo. O livro indispensável do profissional cabeleireiro. 2ª. edição revisada e atualizada. Luis Carlos Carraro Maio / 2010. .5.PASTA, Carlos, YAMAMOTO Romina, CELDRÁN Verónica. Coloração Capilar Permanente por Oxidação. Revista Cosmétics & Toiletries. Vol 29 -Maio-junho de 2017.  6. HALAL, John. Tricologia e a Química Cosmética Capilar. São Paulo, Cengage Learning, 2011. 7. Facchini, Gustavo – Biologia Funcional e Molecular – Seminário de Cosmétologia, julho de 2017. Curitba, PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *