Cabelos! Para cada “Dor” existe uma solução

Ol@! Hoje vamos saber que através de um CRONOGRAMA de RECUPERAÇÃO CAPILAR, que poderá ser feito aí na sua casa, com uma sequencia adequada de produtos aplicados nos fios e, de acordo com a necessidade do seu cabelo, é possível  restaurar, reconstruir  e devolver a saúde aos fios danificados e sensibilizados.

Para cada diagnóstico de diversos tipos de agressões nos fios, há um tratamento específico. Sim, e você poderá fazer isso  a partir das soluções da Autoria Cosméticos que contém bio ativos essenciais para hidratar, renaturar, nutrir e recompôr a fibra capilar.

Os tratamentos a base de Bio ativos, nanotecnologia, ativos encapsulados e um DIAGNÓSTICO preciso, (pois você sabe melhor das suas madeixas do que outra pessoa), são fundamentais e essenciais  para a manutenção da beleza dos fios. Graças a evolução tecnológica dos ativos, já  não se faz necessário o uso de fontes de calor. Os produtos estão tendo cada vez mais afinidade com a fibra capilar por serem de ação aborsiva, repondo de maneira natural as necessidades do cabelo. Porém, antes, é necessário identificar o problema e respeitar a forma de aplicação e tempo de pausa. Por isso, para cada caso, um tratamento.

Remoção de resíduos

Prepara o cabelo antes de qualquer procedimento profissional. Limpeza residual sem agressividade aos fios desintoxicando-os quando existir a presença de sais metálicos, sais de cloro, excesso de produtos e poluição ambiental. Favorecendo a ação dos antioxidantes dando estabilidade de pH e potencializando os tratamentos posteriores. Importante sempre observar o pH da solução de limpeza residual. Não deverá ser superior a 5,5. Da marca  AUTORIA você tem o Shampoo DEIXE-ME LIMPO E REFRESCANTE.

Hidratação

A água é vital para a vida e isso também não poderia ser diferente para os cabelos. Desde a Grécia antiga que já sabemos da importância da água para vida. Tales de Mileto, considerado o primeiro filósofo, defendeu que a água era o centro da vida por estar presente em todos os seres vivos. E desde então, nada é diferente até hoje. Os cabelos são compostos por 50 a 70% de água distribuída entre folículo e haste, desde cutícula, córtex até a medula.
Qual a quantidade ideal de água para os cabelos?
No caso do cabelo não danificado, o teor ideal de água é aquele que existe nos fios quando a umidade relativa do ar está na faixa de 50 a 65%. Nessa condição, são encontradas as melhores propriedades mecânicas dos fios. Acima ou abaixo desta quantidade, a situação é prejudicial. Quando os fios estão danificados eles perdem água mais facilmente, mas ao mesmo tempo o excesso pode causar o indesejável efeito frizz!

 Água: o segredo dos cabelos saudáveis

A princípio parece simples repor a ÁGUA na fibra capilar, bastaria hidratar, não é mesmo?  Qual o segredo para que possamos manter os cabelos sempre hidratados, sedosos e bonitos?

Existe mesmo um SEGREDO!  E ele está na composição química da fibra. Especificamente no Elemento “C”. O Carbono é fundamental para a existência da vida! A proteína no cabelo humano é composta de aminoácidos que se originam de átomos ou elementos químicos:
C – H – O – N – S

Em média a Composição química dos cabelos está assim distribuída

%

Carbono

%

Oxigênio

%

Nitrogênio

%

Hidrogênio

%

Enxofre

O que representa o carbono na fibra?

Vamos para aula de Biologia! A primeira regra da Biologia é a de que todas as coisas vivas contém Carbono! Isso equivale para tudo que está ou, já esteve vivo. Todas as plantas, animais, bactérias contem Carbono. Podemos fazer uma analogia: só existe vida no planeta azul por conta das combinações químicas entre C- H – O – N  esses elementos constituem 99% do corpo humano. Gosto de dizer que o Cabelo é um micro universo.

O Carbono é o pilar básico da química orgânica fazendo parte dos seres vivos. E também é o pilar dos cabelos. Quando temos insuficiência do elemento Carbono na fibra, temos dificuldade de reter a parte Hídrica, uma vez que os CARBONOS fazem a ponte de ligação com os Hidrogênios.

As ações de prancha, escova e as químicas em geral, afetam as estruturas da fibra e são os principais vilões na desidratação da fibra.

Cabelos danificados por escova, prancha e rolinhos, sofrem do STRESS TÉRMICO provocado pela excessiva exposição do cabelo à ação das temperaturas altas.  A tensão mecânica causa ruptura das ligações de hidrogênio. Estas ações térmicas alisam temporariamente os cabelos quebram as ligações químicas mais fracas do cabelo, por exemplo, as Ligações de Hidrogênio (H) e Oxigênio (O2), desidratando o fio com as temperaturas altas. Sequestrando a parte hídrica.

Se o cabelo perde a água, consequentemente perde H, mudando a conformação da queratina que, dependendo do índice de transformação do cabelo, pode ir de alfa para beta, tornando-se um cabelo mais frágil e quebradiço, um cabelo que perdeu sua umectação (umidade) natural. Cabelos assim ficam “minguados” e, em sua maioria, crescem na raiz e não aumentam o seu comprimento, como exemplos disso temos o crescimento da raiz branca ou crespa que necessitam de retoques de 30 a 90 dias em média.

A boa notícia é que hoje temos  Soluções Cosméticas  são capazes de refazer as ligações carbônicas e simultaneamente reter a parte hídrica no interior da fibra.

Como repor o carbono na fibra capilar?

“Um bom hidratante para o cabelo é uma substância capaz de manter o conteúdo de água no interior da fibra independentemente das variações na umidade relativa do ar.” (Evelize,Bratfisch)
Ao compararmos hidratação de pele e cabelos, vamos perceber uma diferença bem importante. Na pele é possível perceber a umectação, é possível “dar” água e quanto mais melhor. Nos cabelos, a hidratação não é perceptível diretamente, mas a solução hidratante retém a umidade e aumenta a quantidade de água presente no cabelo formando uma barreira sobre o fio.

O segredo da reposição do elemento C (Carbono) está na composição química dos condicionadores. No caso da Autoria Cosméticos, os ativos fortalecem a ligação entre os aminoácidos (proteínas), potencializando a hidratação e permitindo melhor absorção dos ativos (produtos) fazendo com que a água permaneça nos cabelos, hidratando-os e deixando-os brilhantes e macios por mais tempo. “O Carbono serve como uma espécie de ímã com os H, quando você o recompõe, ele acaba fazendo com que os efeitos das hidratações, por exemplo, sejam potencializados, pois corrige as porosidades da fibra e retém a água nos fios, proporcionando um excelente resultado”. Além disso, aumenta a resistência e a elasticidade, formando uma espécie de barreira protetora contra as agressões do dia a dia.

Beber água irá auxiliar a manter a saúde da fibra capilar?

70% da nossa pele é água, sendo que o maior “reservatório de água natural” da pele, está localizado na derme (camada em que se encontra o bulbo capilar e a maior parcela da formação do folículo piloso). Esse reservatório é mantido graças à interação harmônica no transporte de lipídios (“gordura” da glândula sebácea e do cimento entre as células da camada córnea), do NMF (fator de hidratação natural composto por aminoácidos, lactato, ureia, glucosaminas, ácido láctico) e da própria água na pele.

A estrutura do cabelo necessita de muita água para se formar e se manter estruturado com a maioria das ligações de alfa queratina, porém quando não ingerimos muita água, seja liquida ou vinda dos alimentos, estas ligações perdem o H e consequentemente podem se transformar em beta queratina, reduzindo assim a elasticidade da fibrila.

Hidratação do couro cabeludo

A hidratação da pele do couro cabeludo mantém o equilíbrio da microbiota formada por fungos e bactérias que vive em harmonia na pele, atua na manutenção do manto hidro lipídico (película protetora), que por sua vez, protege o couro cabeludo e também lubrifica os fios novos que estão chegando à superfície ostio folicular (orifício por onde sai o pelo e também desemboca a glândula sebácea).

Quando há deficiência de hidratação ou pouca ingesta líquida, esta capacidade de reter umidade diminui e acaba por comprometer as reações biológicas naturais das células, prejudicando a saúde do couro cabeludo e também dos fios de cabelos.  As consequências são: ressecamento, descamações, envelhecimento precoce do fio, sensibilidade  aos cosméticos (coceira, irritações) propensão ás alergias na pele.  No próximo post vamos falar da NUTRIÇÃO CAPILAR.  Um beijo e até lá!

Por Dalva J. Balz Bender/ Analista Química e Empreendedora do Segmento Cosmético Capilar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *